9 de maio de 2017

Coração "Rui Miguel" - Torralta

Este é um especial coração "PingAmor", já que está destinado a alguém: Rui Miguel.
Rui Miguel foi quem encontrou o Coração Fénix, em Fevereiro, na Torralta. Quando, segundo palavras do próprio, se despedia de umas mini-férias por estas bandas.
Achou interessante e a curiosidade levou-o até o blogue onde deixou o seu testemunho.
Voltou  por mais uns dias e, uma vez que não ficou com o coração Fénix porque o deixou para que outro alguém também fosse surpreendido, resolvi atribuir-lhe este onde tive de o esconder para que seja feita uma pequena caça.


Pronto, Rui Miguel, agora está nas tuas mãos encontrá-lo e - quem sabe?! - talvez tenhas uma pequena surpresa. E mais não digo, vou esperar pelo teu testemunho.

(antes de começar a caça talvez seja melhor ler o comentário no outro lado - coração Fénix - poderá ajudar)

"Caça ao PingAmor":

Ooops! Só agora dei conta que apaguei a foto final e já não a tenho.
Bom, no local da última foto irás encontrar uma concha grande, só tens de escavar a areia por baixo e... SURPRESA!!!!

“O homem que não tem imaginação, não tem asas.”
Mohammad Ali
Colocado no dia 9/5/2017 pelas 8h e 40m

11 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá Heloísa!
      Pelos vistos o "nosso" caçador já descobriu o "tesouro", se bem que ainda não saiba muitos pormenores.
      Obrigada pelo comentário

      Eliminar
  2. Tomara Rui o encontre!!! Adorei! beijos, chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que sim, que já o encontrou e que agora virei eu a caçadora. Ah! Ah! Ah!

      Beijos

      Eliminar
  3. Encontrei ontem (09/05/2017) o coração e respectiva mensagem.

    Hoje (10/05/2017) deixei precisamente no mesmo local uma surpresa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uau! Quis fazer uma surpresa e fui surpreendida!Gosto de desafios, obrigada!
      Vamos lá ver se o "tesouro" sobrevive à intempérie desta noite.

      Mesmo não tendo ainda ido à caça, desde já agradeço a iniciativa. Valeu!!!

      OBRIGADA!!!!

      Eliminar
    2. :)

      Desafios com gratificantes e inesperadas surpresas.

      A intempérie não afectará a tua caçada, contudo deixei a surpresa em pleno dia com muita gente nas proximidades, na praia e também no restaurante.

      É provável que eu tenha sido visto e outro(a) caçado(a)r se tenha antecipado.

      Qualquer dos modos, a incerteza manter-se-á até amanhã.

      Boa sorte

      Eliminar
  4. que lindo! Parabéns pela criatividade!
    abraços deste lado do oceano!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está a ver Adriana, estes pequenos corações continuam a dar que falar e a quererem renascer das cinzas; por isso mesmo um deles nomeei-o de Fénix.

      Vou ficar à espera que alguém que volte a juntar-se a mim nesta iniciativa, mesmo que do outro lado do oceano.

      Beijo

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  5. Olá,

    Nos dias 09 e 10 de Maio de 2017, aceitei o desafio que neste blog foi-me sugerido.

    Nessa data encontrei o "tesouro", mas ainda não houve oportunidade de descrever de forma sucinta o que aconteceu.

    Neste texto, procurarei fazê-lo.

    Entreguei-me de forma descontraída, mas admito que o fiz com alguma reserva, porque ir ao "desconhecido" causa-me sempre algum sentimento de desconforto.

    Contudo, pensei com os meus próprios "botões", que a incerteza do que pudesse vir a acontecer, seria um elemento fundamental para poder viver emoções inesperadas :)

    Aqui no blog, o local estava muito bem identificado com as várias fotografias que foram colocadas, mas talvez pela timidez que caracteriza a minha personalidade, aproximei-me da praia com passos meio indecisos.

    Mesmo assim, na hora exacta de descer os degraus do passadiço, para ir à areia e encontrar o "tesouro"... hesitei e parei.

    Parei por uns momentos, de frente para o mar, antes que conseguisse descer o primeiro degrau.

    Nesse instante, não estava a pensar nada de especial, acho que simplesmente observava o mar, procurando ter coragem para aceitar o desafio.

    Admito que ponderei voltar para trás, sem sequer tentar fosse o que fosse.

    Havia algumas pessoas na envolvente que casualmente passavam no local, talvez possa ter sido esse um factor inibidor para mim.
    Mas entretanto soltando-me de todos os receios, libertando-me da minha timidez, desci à areia procurando debaixo da concha o prometido "tesouro".

    A descoberta não foi imediata.

    Precisei de muito remexer a areia e até já estava para desistir, quando num gesto de frustração, inseri a mão na areia com mais força e indo mais fundo num movimento transversal de nascente para poente.

    Era um gesto que inconscientemente definia a minha desistência por não encontrar qualquer objecto debaixo da concha.

    Contudo, nesse gesto, surgiu o "tesouro", suspenso no ar aparecendo entre os graus de areia.

    :)

    Descobri então, que afinal sempre havia "tesouro", mas estava muito bem escondido no fundo...

    :)

    Haveria muito para poder dizer.
    Haveria muito mais coisas para descrever, mas são aspecto emocionais que são difíceis também de descrever.

    A surpresa e a honra de ter um coração com o meu nome, "Coração Rui Miguel" foi materializada naquele momento.

    Depois de descoberto o "tesouro", tudo sucedeu-se de forma muito rápida mas tranquila.

    Voltei para o passadiço e logo ali, passados poucos segundos, entreguei o "Coração Rui Miguel" à primeira pessoa que encontrei.

    Entreguei-o a uma moça que estava no passadiço junto do restaurante.
    Curiosamente ela estava numa conversa telefónica, mas sendo um pouco indelicado, entreguei-lhe o coração em mão, interrompendo-lhe por breves momentos a chamada telefónica e permitindo que eu lhe explicasse um pouco o contexto do coração que eu lhe entregara.

    Ficou comigo a alegria de tudo ter corrido bem.

    Surgiu também de imediato em mim a forma de como eu poderia criar um "tesouro" para que a Isabel também o pudesse encontrar :)

    Parabéns Isabel

    Obrigado ao blog

    :)

    ResponderEliminar

Quer partilhar o seu coração connosco? Nós agradecemos os seus Pingos de Amor por aí em forma de palavras...